Chia para emagrecer funciona mesmo?

Já não é novidade que a chia está em alta entre os consumidores brasileiros, junto com a quinoa e outros grãos, mas a pergunta é: A semente de chia funciona mesmo?

Segundo a nutricionista Camila Cohen, “Para ser uma aliada do emagrecimento, deve substituir alguma fonte de carboidrato integral e não complementar a dieta”. Consumida por muitas civilizações antigas graças às muitas propriedades nutritivas, além de saudável ela ainda auxilia na boa forma. Recomenda-se uma colher de sopa (15g/ 70 alorias) por dia 30 minutoas antes de duas principais refeições diárias (café-da-manhã, almoço ou jantar).

Um dos destaques dessa semente dos incas é o Ômega-3, encontrado em grande quantidade – 100 g representa quatro vezes as necessidades nutricionais diárias.

Protege o coração

Segundo a cardiologista Tamara Rodrigues, “Ele reduz a formação de coágulos sanguíneos e arritmias, diminui o colesterol circulante no sangue e também aumenta a sensibilidade à insulina. Outra vantagem é que ajuda na regulação da pressão dos vasos sanguíneos uma vez que aumenta a fluidez do sangue, evitando assim, o aumento da pressão arterial. Isso significa que diminui o risco de ataques cardíacos, pois previne que as placas de gordura acumulem-se nas artérias”.

Protege o cerébro e diminui a fome

O Ômega-3 é responsável por ativar o cerébro, desta forma previne doenças como esclerose, Alzheimer, entre outras. É ainda muito consumida para emagrecer, “A semente é mucilaginosa: ao entrar em contato com a água, forma um gel no estômago que torna a digestão mais lenta e proporciona saciedade”, explica ainda a nutricionista Camila Cohen. De baixo índice glicêmico, evita picos de açúcar no sangue.

Combate a anemia e fortalece os músculos

100 g de semente de chia contém por volta de 60% do que o organismo necessita de ferro por dia. E ainda para quem pratica atividades físicas, fica a dica: ajuda a reconstruir os músculos, pois é rica em proteínas. “O consumo também é recomendado aos vegetarianos, pois complementa o fornecimento deste nutriente na dieta”, salienta a nutróloga Camila Favale que ainda destaca: “Rica em potássio, a Chia, junto com a banana, forma uma dupla eficiente na prevenção de câimbras”.

Para intestino preso
A chia ajuda a manter o bom funcionamento da flora intestinal e a desintoxicar o organismo pois é fonte de fibras solúveis e insolúveis e retêm parte da gordura presente nos alimentos.

Osteoporose

Uma porção de 25 g de Chia (pouco menos de duas colheres de sopa) é capaz de suprir 20% da necessidade diária para a saúde da massa óssea. “O manganes, outro componente fartamente encontrado na Chia, estimula o crescimento dos ossos e do tecido conjuntivo”, explica Camila Favale.

Retarda o envelhecimento e reforça o sistema nervoso

Os ácidos cafeicos e clorogênicos (presentes na semente de chia) são antioxidantes capazes de bloquear a ação dos processos degenarativos do organismo, como o envelhecimento celular. A semente possui ainda em sua composição a niacina, a tiamina e a riboflavina, vitaminas do complexo B fundamentais para o pleno funcionamento do sistema nervoso.

A loja Biomarket vende Chia em semente em embalagem de 150g Compre aqui

Fonte: Yahoo! Mulher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*