A alimentação na Rio+20

A Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, Rio+20, acontece de 20 a 22 de junho deste ano. Contará com a presença de Chefes de Estado ou de Governo e outros representantes. Com potencial de ser o maior evento internacional dos próximos anos, a Rio+20 deverá resultar em um comprometimento político focado em desenvolvimento sustentável. Existem dois temas principais e sete questões críticas que devem ser abordadas na conferência, são elas:

Temas:

  • Uma economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável e da erradicação da pobreza;
  • O quadro institucional para o desenvolvimento sustentável.

Sete Questões Críticas:

  • Emprego
  • Energia
  • Cidades
  • Alimentação
  • Água
  • Oceanos
  • Desastres

O tema da alimentação na Rio+20

A proposta é repensar o modo como compartilhamos, consumimos e cultivamos nossos alimentos. Abordar de maneira correta este tema significa proteger o meio ambiente e centrar o desenvolvimento rural nas pessoas, na produção de alimentos nutritivos e geração de renda adequada para todos os setores.

Toda a nossa biodiversidade está em um rápido processo de degradação, por isso é de extrema importância esta pauta na conferência e a proposta de soluções imediatas. Estima-se mais de 925 milhões de pessoas famintas. Isso quer dizer que se continuarmos nete ritmo a tendência é aumentar para dois bilhões até 2050. A agricultura, silvicutura e pesca são setores-chave para o desenvolvimento sustentável.

Saiba mais em: http://tvmeioambiente.com.br/tvrio20

Quer uma dica? Leia as receitas com castanhas-do-pará:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*