Os benefícios das frutas secas

Amêndoas, nozes, castanhas… Embora contenham gorduras, elas carregam apenas as do tipo insaturado, que não fazem mal ao coração. Pelo contrário. Recentemente, o FDA, órgão que controla medicamentos e alimentos nos Estados Unidos, divulgou que consumir 2 colheres de sopa dessas frutas diariamente reduz o risco de doenças cardíacas. Elas também são ricas em vitamina E, cálcio e fibras. Mas, por causa do alto teor calórico, devem entrar na dieta com muita moderação. “Elas podem enriquecer saladas, massas ou cereais matinais ou até mesmo substituir lanches da manhã ou da tarde”, afirma a nutricionista Cibele Crispim, da RGnutri Consultoria Nutricional, de São Paulo. A seguir, indicamos o que há de melhor em cada uma delas e a quantidade de calorias em 100 gramas.

Castanha-do-pará
É um curinga para quem segue a dieta vegetariana, porque contém excelsina, proteína considerada completa. Mas a sua maior vantagem é garantir altas doses de selênio, substância que age no funcionamento cerebral e atua como antioxidante. Como o Brasil apresenta um solo pobre desse mineral, os vegetais provenientes dele também o são. No entanto, uma única castanha-do-pará por dia é suficiente para atingir a cota diária recomendada, de 70 microgramas.
656 cal

Pistache
Ótima fonte de cálcio e proteínas, é muito rico em vitamina B6, necessária para a produção dos hormônios e também para a formação de vários neurotransmissores.
640 cal

Amendoim
Entre seus segredos, além das proteínas, estão o potássio – responsável pelo equilíbrio dos líquidos no organismo – e as vitaminas do complexo B – que auxiliam no funcionamento do sistema nervoso. Em mulheres grávidas, pode aliviar bastante as ondas de azia.
570 cal

Macadâmia
De todas as frutas secas, é a que mais contém as benéficas gorduras insaturadas. É também a campeã em calorias.
702 cal

Avelã
Tem vitamina E e muito cálcio, que ajuda a manter a saúde dos dentes e dos ossos. Para quem não consome leite e derivados, é uma ótima alternativa.
633 cal

Amêndoa
Contém vitamina E, poderoso antioxidante que protege o coração. Outro ponto forte é a quantidade de fibras, fundamentais para o intestino.
589 cal

Castanha de caju
Boa fonte de fósforo, ferro, sódio, potássio e proteínas, ela é também altamente energética. Por conter um óleo irritante, que causa queimação no aparelho digestivo, deve ser consumida torrada. Os indígenas, aliás, já sabiam que o aquecimento torna o óleo inativo.
609 cal

Noz
Rica em ácido graxo alfa-linolênico ômega 3, uma gordura insaturada. Também contém cobre, magnésio, potássio e arginina, aminoácido importante para a circulação. É ainda um excelente moderador de apetite, aumentando a sensação de saciedade. Cinco unidades antes da refeição diminui a fome.
651 cal

A loja Biomarket vende produtos em embalagem de 150g

Amêndoa crua Compre aqui
Avelã crua Compre aqui
Castanha de caju crua Compre aqui
Castanha-do-pará Compre aqui
Nozes chilenas inteiras Compre aqui
Noz macadâmia sem sal Compre aqui
Pistache cru sem casca Compre aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*