Frete Gratis SP a partir de R$ 250

Leite de castanha: Dos benefícios à receita

leite de castanhas para caju nozes e amendoas w - Leite de castanha: Dos benefícios à receita

Por que o leite vegetal?

Inúmeros fatores têm estimulado a busca por opções alternativas ao leite animal. Um dos principais é a intolerância à lactose, que diferente do que muitos pensam, é um problema mais frequente do que se imagina, podendo atingir de 60% a 70% da população mundial. Isso ocorre devido à carência da lactase, enzima que é muito ativa no nosso intestino durante a infância, mas que se torna escassa na fase adulta, dificultando a digestão da lactose, o açúcar presente no leite.

Mas não para por aí, entre os benefícios do leite vegetal está a possibilidade dele ser feito em casa, o que proporciona a experiência de uma alimentação mais artesanal, feita pela própria pessoa, que pode testemunhar a qualidade dos processos e dos ingredientes, evitando produtos industrializados, repletos de aditivos químicos, que muitas vezes geram desconfiança.

O leite vegetal também é uma ótima alternativa para as dietas low carb, pois se trata de uma bebida com baixo índice glicêmico, com gorduras benéficas para o corpo e que explora em algumas de suas versões o potencial de uma das queridinhas daqueles que buscam uma alimentação mais saudável, as castanhas.

 

Benefícios das castanhas

 

Antes de falarmos sobre a forma de preparo do leite vegetal à base de castanhas, é importante saber um pouco mais sobre os benefícios das castanhas e o que eles podem nos proporcionar, ainda mais se tratando de um alimento saboroso, portátil, que além do leite cabe em diversos outros preparos.

As castanhas fazem parte do grupo das oleaginosas, caracterizadas por grãos que possuem casca dura e que podem ser ingeridas em sua forma natural, como por exemplo: castanha de caju, castanha do pará, amêndoas e nozes, que você pode conhecer melhor clicando aqui. Como o próprio nome sugere, elas são ricas em óleo e gorduras que são benéficas para o nosso organismo, o que faz delas uma excelente fonte de energia, muitas vezes utilizada estrategicamente para substituir o consumo excessivo de carboidratos de má qualidade e pobres em nutrientes.

Os óleos e gorduras presentes nas oleaginosas, também as tornam ricas em ácidos graxos, que têm funções fundamentais na manutenção do nosso corpo e que só podem ser obtidos através da alimentação. Os ácidos graxos, como o popular ômega 3, são fontes de importantes benefícios que vão desde a melhora das funções imunológicas, cognitivas, cardíacas e intestinais, até o controle da glicemia e melhora da aparência da pele, unhas e cabelos.

Todos esses benefícios das castanhas são potencializados por outros nutrientes presentes nas castanhas como a vitamina E e os minerais magnésio, selênio e cobre, que são anti-inflamatórios e antioxidantes, funções que contribuem para o bem-estar e prevenção de diversas doenças, inclusive o câncer.

 

Como fazer leite de castanha?

 

Leite de castanha do pará, castanha de caju, nozes e amêndoas são exemplos de alguns leites vegetais à base de castanhas que tem ganhado popularidade, seja pela variedade de nutrientes que eles proporcionam ou por ser uma forma saborosa de driblar a intolerância à lactose. Eles podem ser comprados prontos ou feitos em casa, processo que além de ser simples, pode tornar você ainda mais participativo e consciente na relação com o que você come.

É válido lembrar que embora a receita para todos os leites de castanha seja semelhante, um ou outro tem algumas particularidades e variações que podem ser exploradas para deixar o preparo ainda mais saboroso e nutritivo. Também é importante ressaltar que, embora as castanhas sejam um ingrediente muito nutritivo, o seu consumo em excesso pode ser prejudicial, portanto, preze sempre pelo equilíbrio.

Que tal agora aprendermos como fazer leite de castanha? Lembrando que esta receita base pode ser usada para quase todas as versões de castanhas.

 

Ingredientes:

 

1 xícara de castanha do pará ou castanha de caju, nozes e amêndoas, a que for de sua preferência

3 xícaras de água filtrada

 

Modo de preparo:

 

Coloque as castanhas em um recipiente e coloque água até cobrir. Deixe descansar por aproximadamente 8 horas. Uma boa sugestão é colocar as castanhas de molho antes de ir para cama e ao acordar dar continuidade à receita.

Após as 8 horas de hidratação das castanhas, descarte a água que ficou de molho, coloque as castanhas no liquidificador e acrescente as 3 xícaras de água filtrada. Bata por aproximadamente 1 minuto ou até perceber que os ingredientes estão bem incorporados.

Coe o preparo com uma peneira fina ou um tecido apropriado. O leite de castanhas está pronto!

 

Dicas simples e saborosas

 

Quer aperfeiçoar sua experiência com o leite de castanhas e torná-la ainda mais dinâmica e saborosa? Então, preste atenção nestas dicas:

  • Se preferir um leite mais concentrado e saboroso, você pode diminuir a quantidade de água que será usada para bater as castanhas. Mas é importante ressaltar que para o uso em receitas como bolo, o ideal é um leite mais ralo que não comprometa a fofura da massa.
  • Caso queira garantir um preparo ainda mais refinado, você pode ferver a água que será usada no liquidificador e inicialmente acrescentar apenas uma pequena parte para ser batida primeiro. O restante pode ser acrescentado aos poucos logo após a primeira batida, isso faz com que os dois ingredientes sejam melhor incorporados e diminua o risco da bebida ficar com uma textura granulada ou que os resíduos das castanhas se separem da água quando a bebida for armazenada.
  • Já se quiser uma bebida ainda mais saborizada, você pode acrescentar extrato de baunilha ou macadâmia ao preparo.
  • O leite de castanha de caju é um dos poucos que se batido corretamente não precisa ser coado, caso você prefira assim.
  • Praticamente todos os resíduos deixados pelas castanhas no coador ou tecido podem ser reaproveitados, como por exemplo, em forma de patês, depois de serem devidamente temperados com azeite, sal, ervas e o que mais for do seu agrado.

 

Muito além do leite animal

 

Com tudo que foi mencionado aqui, você já tem bagagem para se aventurar por pelo menos uns três ou quatro tipos diferentes de leite vegetal, considerando ainda que estamos falando apenas dos leites feitos com castanhas.
Pensar em toda essa pluralidade de leite impressiona, já que, diante do comodismo alimentar, passamos a vida associando o leite apenas ao de origem animal, enquanto que os benefícios do leite vegetal te permitem produzir sua própria bebida, reaproveitar ingredientes e ainda explorar sabores e texturas diferentes no preparo com cada castanha. 

É o poder das castanhas te convidando a redescobrir o seu cardápio, desta vez com muito mais dinamismo nas suas receitas e muito mais saúde para o seu corpo!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *