Green Rio 2015 lança prêmio inédito para melhoria da alimentação saudável escolar

Exposições de fabricantes de alimentos, cosméticos, roupas, rodadas de negócios para valorizar a Economia Verde, e um intenso circuito de debates e palestras com os mais importantes líderes do setor de orgânicos e do desenvolvimento sustentável do Brasil e do mundo, estarão reunidos na quarta edição do Green Rio.

Desde 2012, quando aconteceu pela primeira vez como um evento paralelo da Rio+20, o Green Rio tornou-se a principal plataforma da Economia Verde e do Setor Orgânico no Rio de Janeiro. A quarta edição deste evento acontecerá mais uma vez no Espaço Tom Jobim, Jardim Botânico do Rio de Janeiro, e terá como destaques questões intrínsecas e preocupantes ao crescimento do desenvolvimento sustentável: como o Prêmio Projeto Alimentação Escolar Saudável RJ, a Economia dos Ecossistemas e da Biodiversidade e o Pagamento de Serviços Ambientais. Outro ponto importante que terá a apresentação de cases, são os desafios das empresas que crescem no Mercado Orgânico, os problemas das Unidades de Conservação e o avanço do Turismo Sustentável, os Jogos Olímpicos 2016 e, a Gestão Sustentável de Alimentos e Resíduos em Mega Eventos, pois serão 14 milhões de refeições, entre outros temas em destaque.

“A alimentação nas escolas vem se tornando um dos principais temas em diversos países porque são os maus hábitos alimentares durante a infância e, a falta de informação, que impactam a saúde de uma pessoa por toda sua vida e há necessidade de mudanças nas políticas públicas e na cadeia de fornecimento de alimentos para merendas e cantinas”, afirma Maria Beatriz Martins Costa, organizadora do Green Rio e fundadora do Planeta Orgânico que, em parceria com o Sebrae, irá lançar no evento o Prêmio Projeto Alimentação Escolar Saudável RJ.Prêmio Projeto Alimentação Escolar Saudável RJ será Lançado no Green Rio. Impactos desta Iniciativa no desenvolvimento local e Regional serão indicadores Estratégicos A escola é um ambiente essencial para que produtos de qualidade e com critérios sustentáveis sejam incluídos nas refeições. Existem ações em andamento no Brasil de diversas formas, desde hortas comunitárias até programas de impacto nacional.

Um dos objetivos do Projeto Alimentação Escolar Saudável, uma iniciativa do Sebrae e do Planeta Orgânico, é a integração destas ações por intermédio de um programa no Estado do Rio de Janeiro, que é a região a ser atendida. A falta de critérios para uma alimentação escolar saudável necessita ser trabalhada sob a ótica brasileira, criando indicadores que favoreçam esta análise. Tais ações, promoverão ainda, o desenvolvimento local de municípios no Estado do Rio de Janeiro, por intermédio da articulação de produtores e governos municipais na compra de produtos saudáveis e sustentáveis.

Mobilizar os diferentes stakeholders tanto da cadeia produtiva de alimentos como por parte das compras públicas, fortalece a necessidade de um projeto integrador e num âmbito estadual. Agricultura familiar, pequenos e médios empreendimentos são de especial importância e estarão no foco do projeto Alimentação Escolar Saudável.

Como parte de um plano de visibilidade, os municípios que melhor atenderem a estes indicadores e com sucesso em suas políticas de compras públicas, devem ter um reconhecimento pela sociedade.

O Green Rio vem se firmando como um dos principais eventos na área de sustentabilidade e responsabilidade sócio-ambiental e servirá como ápice do Prêmio Alimentação Escolar Saudável RJ. Haverá um estande na área de exposições do Green Rio no qual as Prefeituras envolvidas mostrarão seus produtos e suas iniciativas comprometidas com alimentação saudável em seus respectivos municípios. As Prefeituras de Duas Barras, Paraíba do Sul, Três Rios e Itaperuna também assinarão o Termo de Cooperação com o Projeto Alimentação Escolar Saudável durante o evento.

Painel Sobre Crescimento dos Orgânicos Destacará Pesquisa, Inovação e Mercado.
Fazenda Tamanduá, Korin Agropecuária e Empório da Papinha apresentarão os desafios e oportunidades do setor orgânico.

O setor orgânico estará presente com expositores de diversos estados do Brasil e também na Conferência Green Rio 2015. No Painel “Orgânicos: Pesquisa, Inovação e Mercado” a Fazenda Tamanduá participa pela apresentação de seu fundador, Pierre Landolt, que falará sobre um produto inovador no Brasil, a Spirulina. Seu cultivo é realizado em fotobiorreatores abertos com condições ajustadas aos fatores ambientais. A produção de Spirulina orgânica Tamanduá é a única no Brasil, certificada pelo IBD Certificações e aprovada pela Anvisa. Entre as qualidades da spirulina estão redução do mau colesterol, manutenção do sistema imunológico, aumento da flora intestinal e correção de anemias pelo ferro. A Fazenda Tamanduá que fica na Paraíba, também estará presente como expositor no Green Rio, trazendo os seus produtos orgânicos como queijos, mel e arroz vermelho.

Korin Agropecuária: Reginaldo Morikawa, Diretor Executivo da Korin Agropecuária falará sobre o crescimento do mercado orgânico. A Korin é uma das maiores empresas brasileiras certificadas para a produção de orgânicos e está, de forma constante, apresentando novidades do setor aos consumidores. Entre os principais objetivos da estratégia de crescimento da Korin que possui linhas de frangos, mercearia, bovino e ovos presente em 24 estados brasileiros, está em tornar a companhia mais conhecida fora do eixo Rio-São Paulo, e consolidar a marca Korin como a maior empresa de produtos orgânicos, naturais e sustentáveis do mercado.

Empório da Papinha: Maria Fernanda Rizzo é fundadora do Empório da Papinha, rede de lojas de papinhas orgânicas que também oferece alguns pratos para adultos e faturou R$ 1,1 milhão em 2014. Maria Fernanda identificou uma oportunidade de negócio: produzir para fora as papinhas orgânicas que fazia em casa. Hoje, sua empresa produz mais de 30 mil refeições por mês, que são comercializadas em 40 pontos de venda no país.

Projeto Estruturante de Cosméticos de Base Florestal da Amazônia:

O Projeto reúne sete estados da Amazônia brasileira que irão expor e articular potencialidades, marco regulatório e repartição de benefícios
O Brasil é o terceiro maior mercado consumidor de cosméticos do mundo. O Projeto Estruturante de Base Florestal da Amazônia está ficando cada vez mais forte e desenvolverá uma rede de contatos qualificada, envolvendo pesquisa, tecnologia, instituições públicas e privadas.
O projeto contempla transferência de conhecimento e informação às comunidades envolvidas na produção de óleos, manteigas e extratos para a indústria de cosméticos. Sete estados brasileiros estão envolvidos no Projeto: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Roraima, Rondônia e Tocantins. Expositores da Amazônia brasileira estarão presentes no Green Rio em estandes diferenciados e participarão do painel Cosméticos de Base Florestal da Amazônia: Potencialidades, Marco Regulatório e Repartição de Benefícios. Acesse: www.greenrio.com.br.

GREEN RIO/ PLANETA ORGÂNICO

Fundada em 1985, com sede no Rio de Janeiro, a 2 A 2 Marketing & Eventos / Planeta Orgânico foi responsável por várias ações de marketing, entre elas o desenvolvimento do website www.planetaorganico.com.br, publicado na internet no ano 2000. Desde então, o Planeta Orgânico tornou-se uma das principais referências para informações sobre os setores orgânicos e sustentáveis no Brasil . De 2003 a 2010, Planeta Orgânico co-organizou, em parceria com Nuremberg Messe, as Feiras Biofach América Latina e ExpoSustentat e já realizou mais de 100 Seminários no Brasil, na América Latina, nos Estados Unidos , na Dinamarca e na Alemanha.

O Planeta Orgânico participou ativamente do desenvolvimento dos espaços de negócios chamados “ Sala Amazônia” (2005 e 2006), “Sala Andes-Amazônia” (2007 a 2009),” Sala Nordeste” (2006), “Sala Caatinga-Cerrado” (2007 a 2009), “Praça da Sociobiodiversidade” (2010). O Planeta Orgânico organizou os eventos “Rio Orgânico” e “MesaTur”, que promoveu a aproximação do turismo e da gastronomia com o setores orgânico e sustentável através de circuitos culturais e gastronômicos, aproximando hotéis e restaurantes de produtores rurais, com objetivo de incentivar uma relação sustentável de oferta e demanda. As informações e a rede de contatos armazenadas ao longo de doze anos permitiram ao Planeta Orgânico desenvolver um banco de dados qualificado que permite o planejamento de ações estratégicas de acesso a mercado e prospecção de negócios e investidores. Em 2012, o Planeta Orgânico realizou a primeira edição do evento Green Rio no Centro de Convenções Bolsa do Rio, durante a Semana da Rio+20, que contou com a presença da Ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello.

Fonte: Korin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*