Amendoim, petisco popular e saudável

O amendoim é o mais rico em proteínas e protege contra doenças cardiovasculares

Uma das oleaginosas mais populares, o amendoim está presente nas mesas do país inteiro, seja como petisco ou como ingrediente de pratos doces e salgados. Tem um preço bastante em conta no mercado e, se consumido nas doses recomendadas, pode fortalecer os músculos, espantar a fome, proteger a pele, entre outros vários benefícios.

De bom humor

“O amendoim é rico em magnésio e proteínas, principalmente o triptofano, importante para pessoas com irritação ou mudanças de humor”, afirma a nutricionista Isabel Jereissati. Presente em alimentos como o grão-de-bico e a semente de girassol, o triptofano está envolvido na produção de serotonina e, por isso, estimula sensações de prazer e bem-estar.

1° LUGAR EM PROTEÍNAS

O amendoim é uma das oleaginosas mais ricas em proteínas. Representa, assim, uma boa opção de lanche, principalmente para quem pratica exercícios físicos regularmente. Em lOOg do alimento, encontram-se mais de 27g de proteína, nutriente que forma a massa magra do corpo, além de unhas e cabelos. Quem não come carne deve aliar o consumo de amendoim a outros alimentos ricos em proteínas, como grãos e cereais integrais.

Gordura necessária

Não podemos cortar totalmente as gorduras do cardápio. Afinal, essas substâncias são importantes reservas de energia para o organismo, servem de transporte para algumas vitaminas, participam da produção de hormônios e protegem as células.

Porém, é fundamental prestar atenção no tipo de gordura ingerido. As gorduras saturadas e trans, presentes em alimentos de origem animal (carne, ovos, leite integral) e produtos industrializados, respectivamente, favorecem a formação de placas nas artérias e o ganho de peso. Substituí-las pelas do tipo insaturada (como o ômega 3) é a saída para nutrir o corpo e prevenir problemas de saúde.

Presentes no amendoim e em outros alimentos como azeite e peixes, essas gorduras benéficas aumentam o bom colesterol (HDL), responsável por eliminar o excesso de colesterol ruim (LDL) que circula nas artérias. Assim, previnem doenças cardiovasculares.

Constituem a membrana das células, inclusive do sistema nervoso. Por isso, favorecem o funcionamento do cérebro, afastando as falhas de memória.

Moderação e cuidado

Boa fonte de energia, o amendoim oferece cerca de 95 calorias em 1 colher (sopa). Essa é a quantidade ideal para quem quer saciar a fome nos lanches da manhã ou da tarde. Em excesso, o alimento pode favorecer o ganho de peso. “Uma boa estratégia é consumir o amendoim torrado nos horários de mais fome, pois promove maior saciedade ao organismo. Só é preciso cuidado ao ingeri-lo antes de dormir ou de fazer algum exercício, pois, pela quantidade de gordura, pode se tornar indigesto”, diz a nutricionista Priscila Meirelles.

“Existem pessoas hipersensíveis às oleaginosas, o que pode levar ao aparecimento de alguns sintomas, como acnes, herpes e baixa imunidade. Assim, deve-se consultar um profissional para ingerir a quantidade adequada”, recomenda a nutricionista Fernanda Granja.

Pilhas recarregadas

Por ser rico em carboidratos, o amendoim fornece energia para o corpo realizar desde atividades simples, como ler e ver um filme, até exercícios físicos. Também presente no alimento, o magnésio ajuda o organismo a absorver os carboidratos e previne o cansaço.

Fonte: Revista Saúde Todo Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*