Semana dos alimentos orgânicos: Saiba mais sobre agricultura sem agrotóxicos

Maio foi o mês dos alimentos orgânicos no Brasil. Durante 10 dias, de 20 a 30, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, promoveu por quase todos o país, a 11ª edição da Semana dos Alimentos Orgânicos, para oferecer, através das mais diversas atividades, maiores informações aos consumidores sobre esses produtos, onde encontrá-los e como são produzidos, divulgando à população os seus benefícios ambientais, sociais e nutricionais.

Atualmente, a área de orgânicos no Brasil atinge cerca de 750 mil hectares, contando com mais de 10 mil produtores e, aproximadamente, 13 mil unidades de produção. Para o secretário de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo, Caio Rocha, o evento é a melhor oportunidade das pessoas conhecerem a diversidade desses alimentos. “Atualmente já existe uma grande variedade de produtos que são produzidos com respeito ao meio ambiente e proporcionam benefícios nutricionais e sociais”, disse.

A 11ª Semana dos Alimentos Orgânicos ocorreu simultaneamente em 21 estados e mais o Distrito Federal. Participaram do evento: Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraná, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins. Todas as informações, serviços e agendas de atividades dos eventos de cada região podem ser visto através do site do Ministério da Agricultura.

O que é alimento orgânico?

De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, para ser considerado orgânico, o produto deve ser cultivado em um ambiente que considere a sustentabilidade social, ambiental e econômica, além de valorizar a cultura das comunidades rurais. A agricultura orgânica caracteriza-se por não utilizar agrotóxicos, hormônios, drogas veterinárias, adubos químicos, antibióticos ou transgênicos em qualquer fase da produção.

O sistema orgânico busca o equilíbrio do ecossistema para resultar em plantas mais resistentes às pragas e doenças. Para impedir essadisseminação, outras culturas são utilizadas durante o cultivo ou alternadas com a produção. Conforme a legislação brasileira, em vigor desde janeiro de 2011, o consumidor reconhece o produto orgânico através do selo brasileiro ou pela declaração de cadastro do produtor orgânico familiar. Todo produto orgânico vendido em lojas e mercados tem que apresentar essa marca em seu rótulo. Já o agricultor familiar precisa vender seus produtos diretamente, para que o consumidor possa estabelecer uma relação de confiança com ele ao comprar seus produtos na feira, como explica o coordenador de Agroecologia, Rogério Dias “Para que o consumidor possa verificar corretamente se o produto é realmente orgânico, ele pode identificar o selo, emitido pelas certificadoras credenciadas ou pedir ao produtor nas feiras a declaração de cadastro. O consumidor pode ainda pegar o nome e o CPF do produtor e verificar o cadastro dele no site do Ministério da Agricultura”, informou.

Principais alimentos orgânicos no Brasil:

Os principais alimentos orgânicos produzidos no Brasil são representados pela soja, que ganha com 31%, seguido das hortaliças (27%) e do café (25%). A maior área plantada é a de frutas (26%), depois cana (23%) e palmito (18%). Os alimentos orgânicos mais consumidos no país são os vegetais (legumes e verduras). Veja os seis principais:

1º – Alface: Elas têm poucas calorias, largo conteúdo de fibras e água, ajudando a dar a sensação de saciedade e contribuindo para um intestino mais saudável.

2º – Coentro: O coentro é conhecido por seus benefícios de desintoxicação, além de ajudar problemas cardiovasculares.

3º – Cebolinha: O alto poder nutritivo da cebolinha a torna um dos melhores antibióticos naturais. Rica em flavonoides, também é anti-inflamatória.

4º – Tomate: Esse fruto é rico em licopeno, um agente antioxidante e anticancerígeno que intervém nas reações em cadeia das moléculas de radicais livres

5º – Pimentão: Vegetal de sabor levemente picante, o pimentão é rico em fibra, vitaminas A e C, além de minerais como cálcio, ferro e fósforo. É também um excelente antioxidante natural e um bom protetor das células.

6º – Cenoura: Por conta das propriedades e substâncias presentes nesse vegetal, ele previne certas doenças eficazmente, além de ajudar a tratar a pele e fortalecer o organismo de maneira geral.

Fonte: Conquiste Sua Vida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*